Qual o significado do escapulário?

O escapulário é um objeto adorado por muitas pessoas, se você faz parte do time que adora a peça, que tal conhecer um pouco mais sobre a sua história e significado?

Originalmente, o escapulário é um símbolo religioso que funciona como uma armadura ou objeto de proteção. Surgiu na Idade Média, quando os Carmelitas, que passavam por muitas dificuldades, pediram um sinal de proteção e defesa contra os inimigos, como sinal foi enviado o escapulário, que na época consistia em um avental de pano que cobria os ombros.

A palavra escapulário vem do latim scapula, que significa proteção ou armadura, e não é por menos que o significado da palavra também origina a sua forma de uso, no ombro e próximo as escápulas. Com o tempo, o escapulário se tornou um objeto reduzido, para que pudesse ser usado por todos e de diferentes formas.

E se o escapulário também pudesse representar lembranças de um lugar inesquecível?

Assim, surgiu a ideia de utilizar o objeto para além da proteção – colecionar momentos!

Todo mundo sente vontade de guardar aquele cantinho do mundo que visitou com os amigos, com o namorado, ou até mesmo sozinha, seja através de fotos, vídeos ou algum souvenir. A nossa coleção de escapulários vem estampada com cidades do mundo, para você poder carregar esses momentos inesquecíveis do lado de dentro e de fora do peito.

 

Escapulário Rio

Se você já foi ao Rio de Janeiro, com certeza voltou de lá fascinada! Uma cidade única, realmente maravilhosa, com uma alegria que contagia.

qual-o-significado-do-escapulario_rio

 

Escapulário Paris

Esse é para os apaixonados! Paris, a cidade das luzes e do amor, presente ideal para quem quer ficar pertinho do coração da amada.

qual-o-significado-do-escapulario_paris

 

Escapulário New York

A cidade dos sonhos e das possibilidades, ótimo presente para aqueles que estão investindo em seus projetos.

qual-o-significado-do-escapulario_new-york

 

Escapulário London

Londres é a cidade mais visitada da Europa, uma cidade onde tudo existe e tudo acontece! Lá você pode ser quem quiser, pintar seus cabelos de roxo, usar guarda-chuvas em dias de sol, que ninguém irá se admirar. Um presente ideal para quem é irreverente e cheia de personalidade!

qual-o-significado-do-escapulario_london

 

Já viveu algum momento inesquecível em outra cidade que não achou por aqui?
Conta pra gente, podemos fazer um escapulário e eternizar ele para você! ❤

Posso misturar joias em ouro, prata e rosé?

Até pouco tempo, se você estivesse usando um anel de prata, com certeza não usaria uma corrente ou um relógio dourado, pois existia uma regrinha em que a palavra chave era “combinar” e o mix de cores das peças deveriam ter o seu uso controlado.

Hoje a moda está muito mais flexível em relação à mistura das cores dos metais, é só dar uma olhada nos Instagrams de moda ou nas fotos do Pinterest, para perceber que essa regra caiu por terra – a misturinha está na moda!

Mas e agora? Como faço para misturar as joias em prata, ouro e rosé?

O segredo é manter o equilíbrio entre os elementos.

  • Primeiro item da lista, sem exageros!

Não dá para usar cores diferentes de joias com o mesmo peso, é preciso escolher um tom como o principal e inserir os outros de forma sutil. Por exemplo, se a sua peça principal é um anel rosé, você pode usar uma corrente em prata mais discreta, ou anéis dourados delicados.

joias-em-prata-ouro-e-rose_sem-exageros
Anéis Marina Zardo

 

  • De olho no acabamento!

Evite usar textura e brilhos muito diferentes, se você escolher uma peça principal de acabamento polido, tente harmonizar com outras peças com o mesmo tipo de acabamento.

joias-em-prata-ouro-e-rose_acabamento
Pulseiras em prata folheadas a ouro 18k, ouro rosé e ródio.

 

  • Molinha ou durinha?

Se a sua peça principal for uma corrente maleável, você pode optar por outras peças molinhas. Assim como se a sua escolha for por uma pulseira estruturada, você pode combinar com peças que também se destacam pela estrutura.

joias-em-prata-ouro-e-rose_estrutura2
Garrafa Sonho  /  Escapulário Paris

 

 

  • Nem tudo é moda.

joias-em-prata-ouro-e-rose_nem-tudo-e-moda

Mais do que seguir tendências é importante seguir o seu estilo, uma joia deve estar em harmonia com a sua personalidade. Você é livre para fazer suas combinações, afinal, para estar bonita é preciso sentir-se bem.

 

Olá, sou a Marina Zardo!

Designer, apaixonada pelo que faço, criadora da marca de joias que leva o meu nome. 🙂

Comecei despretensiosamente desenhando peças em ouro para a minha mãe, que já trabalhava com joias há algum tempo. Decidi ir a fundo e estudar Ilustração e design para joias na Central Saint Martins em Londres.

marina_zardo_joia_ouro
Anéis coleção Carmen em ouro 18k
marina_zardo_joia_desenho
Processo de criação
marina_zardo_joia_casamento
Brincos em ouro 18k e Jades

Voltando para o Brasil, percebi que desenvolvendo uma linha em prata, poderia expressar melhor meus conceitos, criar peças mais ousadas e acessíveis, com a mesma qualidade das joias em ouro. Deu super certo! O negócio foi crescendo e, em 2013, nasceu a @marinazardo.

marina_zardo_joia_makingof2
Making-of da coleção “Make a wish”
marina_zardo_joia_makingof
Making-of da coleção “Make a wish”
marina_zardo_joia_makeawish2
Peças da coleção “Make a wish”
marina_zardo_joia_makeawish
Peças da coleção “Make a wish”

 

Decidi escrever este blog, pela vontade de compartilhar como eu vejo o mundo da joias. Contar um pouco o processo criativo de cada coleção, de como a ideia sai do papel e, com muita dedicação e amor, se transforma em uma peça cheia de história! E também inspirar pessoas que assim como eu, tem vontade de viver do que amam!

Sejam bem-vindos! =)